QUANDO UMA SÉRIE SE PERDE – AMERICAN HORROR STORY

ahscoven
“When witches don’t fight, we burn.”

American Horror Story, ganhou muitas indicações ao Emmy, foi elogiada tanto pela critica e público nos dois primeiros anos da série. Sendo uma minissérie, na verdade, American Horror Story tem um formato diferente, a cada ano é uma nova história, a maioria do elenco permanece. Os dois primeiros anos são complexos, tensos e com muitas referências aos clássicos do terror. Diferente dos recentes filmes de terror, a série trazia um drama por trás de todo esse cenário de horror, era adulta e tinha momentos marcantes. O terceiro ano começa totalmente diferente, sem o mesmo impacto perturbante causado pelos dois primeiros episódios das temporadas anteriores, Coven (o terceiro capítulo dessa minissérie), traz uma trama muito mais juvenil, com o tema sobre bruxas, o que acaba deixando tudo mais folclórico e menos dentro de uma realidade possível. Provavelmente o tema da série atualmente seja um dos erros cometidos pelos criadores da série, não que não seja interessante falar sobre bruxas numa série como essa. Mas assim como os primeiros anos ousou mais com tramas densas e dramáticos, o mesmo poderia acontecer aqui. Nada precisava ser tão folclórico e fora da realidade como estamos vendo. Os personagens também não são muito interessantes, Sarah Paulson esta sendo mal aproveitada, assim como Frances Conroy, enquanto a insossa Taissa Farmiga ganha maior destaque. Além de tudo isso, American Horror Story parece que perdeu o bom senso, trazendo cenas desnecessárias e grotescas, e o pior, sem nenhuma necessidade. Ryan Murphy já cometeu o mesmo erro na quarta temporada de Nip/Tuck e é possível que ele acabe levando American Horror Story pra um caminho sem volta, se persistir com esses erros que provavelmente vão tirar a série da indicação de Melhor Minissérie no Emmy. O melhor mesmo fica pra Kathy Bates que promete muito nessa temporada e mesmo Jessica Lange não estando no melhor papel, ainda sim consegue nos hipnotizar com seu charme.

Anúncios

2 thoughts on “QUANDO UMA SÉRIE SE PERDE – AMERICAN HORROR STORY

  1. Daniel

    Realmente, essa terceira temporada acabou com a série. Não entendo a necessidade de apelar para o público jovem, estava indo tão bem. Espero que, por causa do sucesso das duas primeiras, a quarta não saia uma merda como a terceira.

    Responder
    1. markhewes Post author

      Verdade Daniel, as duas primeiras foram muito melhores. Não entendo porque fizeram um roteiro tão destrambelhado e voltado pro público mais jovem, isso acabou com a temporada. Vamos torcer para que ‘Freak Show’ seja melhor.

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s