Category Archives: homeland

QUANDO UMA SÉRIE SE PERDE – HOMELAND

homeland02

“I missed something once before. I won’t, I can’t let that happen again.”

Homeland, tinha tudo pra ser uma série promissora, com um grande elenco, vencedora do Emmy de Melhor Série Drama por seu primeiro ano e nas categorias de Melhor Atriz e para Claire Danes e de Melhor Ator para Damian Lewis. Mas logo no meio da primeira temporada a série começou inovar demais, envolver uma agente bipolar da Cia com o suposto terrorista da série e ainda criar um relacionamento amoroso entre os dois era algo duvidoso, até então fácil de engolir, já que o primeiro ano foi tão bem escrito. Desde então a gente continuou vendo a série por esses méritos, mas sabendo da limitação que ela teria. Na segunda temporada pra sair dessa monotonia romântica que os dois se envolveram, os roteiristas começaram criar reviravoltas, descobertas surgiram, pessoas mudaram de lado e com isso, já sabíamos que a série não poderia criar reviravoltas de novo tão cedo. E é isso que Homeland peca e muito, uma série precisa ser muito bem construída pra ter esse poder de surpresas constantes, não adianta nada você fazer isso com tanta frequência, sabendo que nas temporadas seguintes não vai poder fazer mais nada tão brilhante quanto. Diferente do recente sucesso Breaking Bad, que soube muito bem criar uma história pra então surpreender de forma plausível na sua inesquecível temporada final, Homeland foi com sede ao pote, se aproveitou do sucesso da primeira temporada e tentou manter isso no segundo ano da série. Agora a série se encontra no seu pior momento. Nos primeiros dois episódios da terceira temporada, o protagonista Brody (Damian Lewis) não aparece e no terceiro ele ganha tanto foco que acaba ofuscando a outra protagonista da série. Tudo isso soa muito errado, sabemos que os criadores já não sabem mais o que fazer com a trama e ficam intercalando entre um personagem e outro. Ta difícil de assistir, ta difícil de acreditar que desse buraco onde eles se enfiaram exista uma boa saída pra tudo isso. É uma pena, mas é o que acontece na maioria das vezes, lembra-se de Lost?

TOP 10 – MELHORES PILOTOS

10

30ahs

American Horror Story 

O piloto de American Horror Story pode não ter as melhores atuações, nem mesmo ser tão original no roteiro, mas é evidente que toda aquelas bizarrices e referências a clássico do cinema, mais a fórmula criativa do Ryan Murphy ressuscitou o gênero do terror e a direção deu ainda mais um clima perturbador ao episódio. É um guilty pleasure.

9

27desperatehousewives

Desperate Housewives

É uma pena que eu só tenha assistido a primeira temporada de Desperate Housewives, mas ao mesmo tempo é bom saber que guardo uma boa imagem dela, especialmente do seu episódio de estreia, onde a comédia e o drama estavam numa balança muito satisfatória. Sem mencionar o elenco feminino magnifico. É gostoso de assistir e te deixa com vontade de quero mais.

8

Breaking Bad

28breakingbad

Breaking Bad é de fato uma das melhores séries que já vi, mas em meio a toda genialidade que a série alcança nas últimas temporadas, o piloto acaba ficando um pouco abaixo da média, mas sem dúvida é um dos melhores inicio de temporada que já vi. O elenco, o roteiro e a direção é de primeira.

7

Lost

29lost

Lost começa com uma tragédia, o que já chama a atenção das pessoas, porém aqui era diferente porque mostrava o passado dos personagens e isso fazia com que a gente questionasse quem seria o possível culpado sobre a queda do avião. Embora fossem poucas as perguntas que estavam presentes no inicio, a série era muito mais atrativa no começo onde parecia existir um sentido por trás daquilo tudo.

6

Six Feet Under

26sfu

Six Feet Under é uma obra prima e o piloto já comprova isso lidando muito bem com um drama familiar, trazendo mudanças para a família Fisher e encerrando o episódio com uma bela cena onde o protagonista se encontra pensativo observando as pessoas ao som de Waiting – The Devlins.

5

Homeland

25homeland

Homeland, o mais novo sucesso da TV começou muito intrigante. A nação do pais acredita que o protagonista da série é um herói, enquanto a protagonista acredita que ele é uma ameaça e em meio a essa dúvida  nós ficamos ainda mais confusos e louco pra saber onde tudo isso vai dar.

4

Mad Men

24madmen

Não se espante por eu não ter incluído Mad Men em nenhum dos top 10 anterior, eu comecei a série agora. O piloto é deliciosamente gostoso de assistir, começando pela abertura da série. O personagem principal solta umas falas que da pra anotar e guardar de tão boas. As cenas de cigarro são um charme a parte, além do figurino da série. Vendo o piloto você entende claramente o porque da série vencer tantos prêmios. É coisa fina.

3

The Walking Dead

23thewalkingdead

Embora eu não tenha continuado a série, tenho que admitir que esse episódio piloto de The Walking Dead é um dos melhores que já vi, quebrou aquele clima dos filmes de zumbi onde a história não se aprofundava mais e conseguiu mergulhar fundo na essência daquelas almas perdidas, afinal um dia eles foram humanos como a gente. Facilmente eu voltaria assistir.

2

Damages

22damages

Damages começa com um ritmo “O Diabo Veste Prada” mas com muitos flashforwards arrepiantes que nos levam a uma futura tragédia envolvendo uma das protagonistas, tudo embalado pelo melhor elenco da TV. O episódio encerra deixando muitas revelações e grandes perguntas no ar. É de arrepiar.

1

Nip/Tuck

21niptuck

Não é porque é minha série preferida, mas Nip/Tuck começou com um nível muito alto, até mesmo pro padrão da primeira temporada, é um episódio ousado, bem escrito e com grandes interpretações, especialmente de Joely Richardson. Trazendo casos polêmicos logo de cara, como pedofilia e cenas cirúrgicas muito bem feitas. Além disso o episódio consegue tocar na ferida dos seus personagens e fazer com que a gente conheça melhor um pouco deles. Nip/Tuck mostrou que não seria mais uma série como todas as outras. Me lembra Six Feet Under com uma pitada de Breaking Bad, é legal ver que Sean e Christian também se enfiam em roubadas parecidas com que Walt (Bryan Cranston) e Jess (Aaron Paul) se metem. O roteiro desse episódio piloto foi indicado ao Emmy e foi merecido.

AS MELHORES TEMPORADAS QUE JÁ VI

10

In Treatment 1ª temporada

Imagem

Eu amo diálogos, ainda mais quando uma série sabe como fazer isso, é o caso de In Treatment, série da HBO. Os episódios tem em torno de 25 minutos, mas é passada só em diálogos entre o terapeuta e seus pacientes e nunca se torna cansativa. É muito bem escrita, dirigida e com ótimas atuações e não poderia ficar fora da lista.

 9

American Horror Story 2ª temporada

Imagem

Se a primeira já havia sido boa, a segunda só veio pra provar que a série tem futuro no FX, depois do sucesso que Nip/Tuck foi para a emissora, ela deve estar cada dia mais  feliz com Ryan Murphy fazendo parte da equipe. A segunda temporada começa botando medo na gente com personagens extremamente perturbadores mas logo nos faz torcer e vibrar por alguns deles. Terror de qualidade a gente não via há tempos.

8

Grey’S Anatomy 2ª temporada

Imagem

A segunda temporada de Grey’s Anatomy eu considero a novela perfeita, daquelas que a gente gostaria que existisse na TV brasileira, porque é sútil, não apelativa e com grandes momentos, daqueles tocantes e emocionantes, do qual nem Manoel Carlos sabe fazer. Todo esse mérito é da talentosa Shonda Rhimes que criou uma temporada com perfeição. Quem não se lembra do episódio da bomba? O que dizer então do lindo final de temporada? É o tipico fim do qual você precisa de lencinho antes de assistir. Coisa linda de se ver.

7

Buffy – A Caça Vampiros 5ª temporada

Imagem

A subestimada Buffy – A Caça Vampiros tem uma grande temporada, para aqueles que duvidam do potencial da série, deveriam assistir a essa, é entretenimento de bom gosto, personagens que marcaram uma época da televisão e a melhor série sobre vampiros. O tipo de série que você se apega e quer ver episódios seguidos. Joss Whedon sabe mesmo o que faz.

6

Lost 1ª temporada

Imagem

A primeira temporada de Lost é a melhor da série sem dúvidas e é mais uma que lidera a lista de temporadas mais brilhantes. Pessoas presas a uma ilha com passados reveladores a cada episódio era algo que nos deixava conectados a história o tempo todo e trazia muitas perguntas para gente, só é uma pena que J.J. Abrams não soube prosseguir com a série como era devido, um grande show merecia grandes temporadas.

5

Six Feet Under 5ª temporada

Imagem

A primeira ou segunda temporada do drama perfeito da HBO deveria estar aqui, porque são as melhores, mas sem a quinta temporada, especialmente sem os últimos quatro episódios a série não seria considerada o drama perfeito, porque é graças a esse desfecho mais que emocionante da série, que Six Feet Under mora no coração de todos, fechou a série com chave de ouro.

4

Homeland 1ª temporada

Imagem

Seria impossível deixar o novo hit de fora dessa lista, Homeland tem uma trama original e um elenco muito bom, a começar pela excelente Claire Danes. Homeland é outro thriller no estilo Damages, te deixa concentrado na trama do começo ao fim e sempre trazendo surpresas, o final da temporada é de tirar o fôlego.

3

Breaking Bad 4ª temporada

Imagem

Outra temporada que já veio aquecida por uma temporada anterior digna de excelentes comentários também. Mas na quarta temporada além da tensão estar maior devido aos acontecimentos passados pelos personagens da série, o elenco também estava no seu melhor, assim como os roteiristas e diretores. Eles sabiam que estavam fazendo episódios não para uma série qualquer, mas para Breaking Bad e então confiantes mandaram ver numa temporada ainda mais excitante e cheia de clímax e resultados de tirar o fôlego. É outra temporada que fecha um ciclo em grande estilo. Quando termina a temporada você quer aplaudir de pé e pedir mais e mais. É a série que todos deveriam assistir.

2

Nip/Tuck 2ª temporada

Imagem

Se a primeira temporada já havia sido muito boa, por que a segunda temporada haveria de ser ruim? Nip/Tuck trouxe uma fórmula pra TV paga FX que da certo, o famoso drama familiar, até mesmo com algumas semelhanças ao grande sucesso da HBO, Six Feet Under, na época no entanto haviam comparações, mas na segunda temporada Nip/Tuck apostou na originalidade o que foi diferenciada da primeira. Nessa incluíram Ava Moore (Famke Jensen), uma personagem muito atraente que escondia um grande segredo. Também teve a aparição do psicopata The Carver que rendeu uma temporada inteira só pra ele (a terceira é sobre isso). Além de casos muito mais polêmicos. A sequência final da temporada é coisa linda e rara de se ver na TV, é aquele tipo de temporada excelente que termina de forma genial. Da gosto de ver.

1

Damages 1ª temporada

Imagem

A primeira temporada de Damages sempre foi a minha favorita das séries que já vi, é tensa do começo ao fim, cheia de reviravoltas e flashforwards arrepiantes que te deixa mordendo as unhas de ansiedade para saber o que vai acontecer no final da temporada. Tem um elenco poderoso, um roteiro inteligente e uma direção impecável. E o final, ahh o final… tem uma reviravolta que te deixa louco pela segunda temporada que é tão brilhante quanto essa. Mas é claro, estamos falando das melhores temporadas e a primeira da série é brilhante.

HOMELAND: A MELHOR SÉRIE DA ATUALIDADE

homeland

Vocês já se deram conta que é possível amar uma história onde exista um herói que ao mesmo tempo possa ser terrorista? Ou já pararam pra pensar que isso possa ser apenas uma ideia de uma heroína obcecada por esse herói? Ou talvez seja as duas coisas ao mesmo tempo? Parece loucura, não? Mas existe uma série que coloca todas essas dúvidas na sua cabeça e se chama Homeland. Muitos já devem saber as respostas para essas perguntas e aqueles que sabem com certeza estão morrendo de ansiedade pela terceira temporada. Até porque uma série onde coloca todas essas perguntas, não só perguntas, mas respostas para elas e reviravoltas mirabolantes é muito atrativa. Quem não gosta de um grande suspense? Quem não vibra a cada reviravolta que vê em um filme, série, livro ou até mesmo em uma novela? Mas o melhor de tudo é quando isso é feito por grandes roteiristas, aqueles que sabem o que estão fazendo, que estão te direcionando pra uma história de surpresas e não de enrolações. Porque em duas temporadas a série já trouxe grandes respostas, mudanças, reviravoltas e nada disso colocou um ponto final na trama, apenas criou novos rumos, trouxe surpresas, o mesmo aconteceu na primeira temporada e agora acontece novamente mas de uma forma espetacular. Nesse último episódio o personagem Saul diz para a protagonista Carrie Mathison (vivida pela fantástica Claire Danes) “Você é a personagem mais inteligente e burra que já conheci.”, e é isso que adoro nessa série, porque expõe a imperfeição de uma pessoa, o quão inteligente ela pode ser e o quão burra também, principalmente quando o amor esta envolvido na vida dela e mesmo se tratando de uma agente da CIA. Eu achei que havia me surpreendido o bastante na televisão, mas eu estava errado e fico imensamente grato por ter conhecido essa série. Eu não sou muito bom pra escrever um grande texto expressando tudo sobre o que achei, ainda mais nesse momento quando me sinto um pouco anestesiado pelo que vi, mas só digo uma coisa: Homeland é uma das melhores séries que já vi, se não a melhor. Duas séries que vi por completo e indico sabendo que não tem erro de não gostarem é Six Feet Under e Damages, ambas com apenas 5 temporadas curtas, mas o mais importante, com começo, meio e fim e eu jamais estaria indicando algo que não é bom. Na verdade chamar Homeland de boa não dá, é fantástica.