Tag Archives: o homem de aço

O HOMEM DE AÇO QUE A GENTE TANTO ESPEROU

manofsteel

Todos sabem que as adaptações de Superman para o cinema sempre foram problemáticas, talvez não possa dizer isso dos dois primeiros filmes com Christopher Reeve, até porque pra época que foi lançado certamente as pessoas que assistiram não ficaram insatisfeitas com coisas que hoje nos deixariam insatisfeitos. Ao ver “O Homem de Aço” você entra num universo atual de um super herói, onde seu uniforme não tem a famosa cueca por cima da calça, e onde as cores da roupa são mais escuras, esse é o ponta pé inicial pra toda uma nova visão que foi reinventada desde “O Cavaleiro das Trevas” de Christopher Nolan, e agora com Zack Snyder no comando do novo filme do Super Homem não seria diferente, não por Christopher Nolan estar envolvido na produção também, mas por sabermos que hoje em dia as pessoas não aceitam mais coisas que aceitavam nos anos 70. Prova disso é o esquecido “Superman: O Retorno” (2006) de Brian Synger, que apesar de ter escurecido um pouco a cor do uniforme, ainda trazia a cueca por cima da calça e a mesma trilha de John Williams usada nos clássicos dos anos 70/80. Falando nisso, outra mudança perfeita para “O Homem de Aço”, foi a trilha de Hans Zimmer, se os mais fanáticos pelo Super Homem não gostaram da mudança, os fãs de “O Cavaleiro das Trevas” vibraram nas cenas. O que seriam as cenas de ação sem Hans Zimmer? Se esses são os pontos positivos para “O Homem de Aço”, aqui vai algumas observações de coisas que poderiam ter melhor efeito, no inicio do filme notamos que o roteiro em si não é tão eficiente capaz de passar alguma emoção, mas a partir do meio do filme, quando a ação é mais explorada, notamos maior eficiência, até porque é isso que Zack Snyder faz de melhor, a partir do momento que o filme pega o ritmo através dessas cenas épicas de ação, os personagens começam trazer maiores efeitos dramáticos, porque a gente começa se envolver e torcer por eles. A cena entre Clark Kent e sua mãe conversando no final é uma delas, e o que dizer da sequência final do filme? É mágica, e deixa toda uma vontade para ver uma sequência, o que não aconteceu em “Superman: O Retorno”. Outra coisa que poderia funcionar melhor, é se o filme fosse menos longo, não que eu tenha achado cansativo, mas é notável que algumas cenas poderiam facilmente serem encurtadas ou descartadas, até porque tem ação acima do limite. Mas o filme tem um ótimo elenco, Henry Cavill, a melhor escolha para o papel de Clark Kent. Amy Adams que faz uma Lois Lane como nenhuma outra já fez. Russel Crowe, o melhor Jor-El que já vi. Kevin Costner e Diane Lane nos papéis de Jonathan Kent e Martha Kent, ótimos também. E Michael Shannon que deu a vida ao terrível (no bom sentido) vilão General Zod. E Antje Traue que faz a Faora, que não ficava pra trás também. “O Homem de Aço” não supera “O Cavaleiro das Trevas”, que até então é o melhor filme de super herói feito pro cinema, mas consegue ser infinitamente melhor que “Superman: O Retorno” e ser totalmente diferente dos clássicos, e já deixa a gente com muita vontade de ver a sequência, que promete ter o Batman ao lado do Homem de Aço.